quinta-feira, 17 de Setembro de 2009

....

Uns dias sem ter oportunidade de cá vir, mas hoje cá estou:)
Poucas novidades, apenas uma mulher de 50 anos só.
Preciso de companhia... eu sei!

quinta-feira, 10 de Setembro de 2009

Eu vou VOAR!!!

... como eu queria voar tal como a libelinha, solta, aos ziguezagues, numa brincadeira descontrolada e despreocupada! Eu, a brisa, um pequeno galho onde pousar, um amigo para brincar... Um dia eu vou voar!


É tão bom ser livre, voar, saltar, namorar, sorrir, dormir, acordar, falar, amar....

É assim tão dificil entender?

As pessoas estão realmente todas a dormir... e a se contentar com as suas vidinhas minúsculas e sem graça.

Eu saltei, voei e sou totalmente livre!

Foi preciso chegar aos 50.

É tão bom!
Homens para quê?

Eu quero estar sózinha e feliz.

quarta-feira, 9 de Setembro de 2009

Um belo pensamento...


Acordei para o sonho... depois dos 50...

"... Os meus contemporâneos dizem quase sempre que não são moralistas, e é por isso que forçam toda a gente, mesmo quem não quer, a ser livre, saudável e feliz: proíbem o tabaco e o açúcar e se por vezes sofrem, tomam comprimidos porque a alegria é uma questão de química e convém tê-la a horas certas, como o prazer vigiado por preservativos e outros sempre obrigatórios cintos de segurança, pra que um dia possam sentir que morrem cheios de saúde.
...
...
"Fernando Pinto do Amaralin, Colecção “Poesia e Prosa” Ed. Publicações Dom Quixote, Visão, Lisboa 2009

Sensualidade...


Afinal... ninguém me quiz falar de sensualidade...

"Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de se decepcionar é grande.
As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.
Temos que nos bastar... nos bastar sempre e quando procuramos estar com alguém, temos que nos consciencializar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objectivos comuns, alegrias e vida.
Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.
O segredo é não cuidar das borboletas e sim cuidar do jardim para que elas venham até você.
No final das contas, você vai acharnão quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!
Mário Quintana"

sexta-feira, 4 de Setembro de 2009

Vamos falar de.... sensualidade...


... adoro a sensualidade... e porquê é que não podemos ser sensuais aos 50's?
Querem me ajudar a escrever coisas... textos... sensuais?
Mail:

umamulher.so@gmail.com

Aguardo:)

A Vida é Bela...

«A viagem não acaba nunca.


Só os viajantes acabam.
E mesmo estes podem prolongar-se em memória, em lembrança, em narrativa. Quando o viajante se sentou na areia da praia e disse:
“Não há mais que ver”, sabia que não era assim.
O fim da viagem é apenas o começo de outra.
É preciso ver o que não foi visto, ver outra vez o que se viu já, ver na Primavera o que se vira no Verão, ver de dia o que se viu de noite, com sol onde primeiramente a chuva caía, ver a seara verde, o fruto maduro, a pedra que mudou de lugar, a sombra que aqui não estava.
É preciso voltar aos passos que foram dados, para os repetir, e para traçar caminhos novos ao lado deles. É preciso recomeçar a viagem.
Sempre.
O viajante volta já.»

José Saramago, in "Viagem a Portugal"

Esqueceram-me?

Realmente... estive ausente e sem tempo para escrever durante um mês, mas não desisti de continuar o meu blog.

Vou ser mais constante a partir de agora (espero eu:) e tenho tanto para escrever... tanto para desabafar...

Não esqueço nada nem ninguém...

:)

quarta-feira, 29 de Julho de 2009

Vou fazer um fim de semana prolongado.
Beijinhos a todos os que me seguem.

terça-feira, 28 de Julho de 2009



VIVER DESPENTEADA

Hoje aprendi que é preciso deixar que a vida te despenteie, por isso decidi aproveitar a vida com mais intensidade…
O mundo é louco, definitivamente louco…
O que é gostoso, engorda. O que é lindo, custa caro. O sol que ilumina o teu rosto enruga. E o que é realmente bom dessa vida, despenteia…
- Fazer amor, despenteia.
- Rir às gargalhadas, despenteia.
- Viajar, voar, correr, entrar no mar, despenteia.
- Tirar a roupa, despenteia.
- Beijar a pessoa amada, despenteia.
- Brincar, despenteia.
- Cantar até ficar sem ar, despenteia.
- Dançar até duvidar se foi boa idéia colocar aqueles saltos gigantes essa noite, deixa seu cabelo irreconhecível…
Então, como sempre, cada vez que nos vejamos eu vou estar com o cabelo bagunçado… mas pode ter certeza que estarei passando pelo momento mais feliz da minha vida.
É a lei da vida: sempre vai estar mais despenteada a mulher que decide ir no primeiro carrinho da montanha russa, que aquela que decide não subir.
Pode ser que me sinta tentada a ser uma mulher impecável, toda arrumada por dentro e por fora.
O aviso de páginas amarelas deste mundo exige boa presença:
Arrume o cabelo, coloque, tire, compre, corra, emagreça, coma coisas saudáveis, caminhe direito, fique séria…
E talvez deveria seguir as instruções, mas...quando vão me dar a ordem de ser feliz? Por acaso não se dão conta que para ficar bonita eu tenho que me sentir bonita…
A pessoa mais bonita que posso ser!
O único que realmente importa é que ao me olhar no espelho, veja a mulher que devo ser. Por isso, minha recomendação a todas as mulheres:
Entregue-se, Coma coisas gostosas, Beije, Abrace, Dance, Apaixone-se, Relaxe, Viaje, Pule, Durma tarde, Acorde cedo, Corra, Voe, Cante, Arrume-se para ficar linda, Arrume-se para ficar confortável, Admire a paisagem, Aproveite, e acima de tudo, deixa a vida te despentear!!!!
O pior que pode passar é que, rindo frente ao espelho, você precise se pentear de novo...

desconheço o autor
... mas adorei este texto.

Beijos a todos e boa noite.

segunda-feira, 27 de Julho de 2009

Que hei-de fazer hoje?

Lá fora está um sol horrível... é daqueles dias que os Raios UVA estão no máximo.
Não me apetece sair.
Mas tenho de fazer algo, pois preciso sair e distrair com algo.
Á noite tenho aulas.
Sim, aulas pois estou a fazer mais um curso para juntar ao meu currículo.
Eu adoro estudar.
Faz-me bem ao espírito e á alma.
Vou tentar fazer alguma coisa...
Até breve.
Rosas são sempre rosas... e eu gosto de tudo o que é bonito.

Bom dia

Acordei tarde, mas bem disposta.
Cá ando na net a ver se encontro algo ou algum trabalho.
Mas infelizmente agora que tenho todo o tempo do mundo e disponibilidade total... ninguém me quer dar uma pequena hipotese de provar que posso ser ainda muito útil.
Como mudar as mentalidades em Portugal?
Muito complicado...
Só preciso de uma oportunidade para mostrar que sou válida.
Já era um passo para subir a minha auto-estima...

Tenham uma boa semana, e se estão de férias... gozem-nas bem:)

UM SÍMBOLO QUE DIZ TUDO...

Sinto-me tão fútil...

Enquanto muitas pessoas estão lutando pela vida, estão doentes e cheios de esperança, eu fico aqui me lamentando de já não ter um corpo como antes, de ter um homem que não me dá atenção, de estar sem trabalho, de não saber o que fazer.
Peço perdão a todos os que me vão ver e ler.
Afinal acabei de ver um Blog que me tocou muito profundamente.
Não deixem de o consultar:
http://conexoesdeamor.blogspot.com/

Um resto de noite feliz e até breve.
Nos meus sonhos vou tentar povoá-los com coisas boas, quem sabe amanha não acordo e não me arranjo e vou andar por esta maravilhosa cidade sozinha?
Gostaria de vos pedir uma opinião:
Que faço para ganhar mais auto-estima?
Sei que existem muitas formas, mas não sei por onde começar.
Algém me ajuda?
Aguardo e obrigada/o a todos os que se disponibilizarem a ler e ver o meu blog.
Afinal tenho já 50 anos:(
Preciso de um conselho de alguém que saiba mais do que eu na área da saúde, para ultrapassar o meu trauma de quilos a mais e entrada nos cinquentas.
Afinal estou FARTA de acordar e passsar o dia de pijama, porque não sei que faça com a minha vida.
Se tivesse dinheiro era neste momento que procurava uma clinica de rejuvenescimento, e fazia tudo para mudar a minha imagem...
Mas não tenho!
Beijinhos a todos desta "adolescente"

Estive sem vontade de escrever...

Hoje e como já estou só decidi visitar o meu Blog.
Escrever um pouco, tentar me animar.
Hoje tenho o meu Astral positivo, e embora esteja com a auto-estima um pouco em baixo, estou tentando ver a vida, o futuro, e aceitar os meus 50 anos.
Uma mulher aos 50 anos é uma mulher como as outras. Apenas tem mais idade e mais experiência.
Sinto-me como aos 35.
Verdade mesmo tenho as mesmas necessidades, as mesmas vontades, os mesmos sonhos.
Só que tenho 50 anos acabados de fazer.
Aceito a idade sem qualquer problema.
Não tenho rugas, mas tenho peso a mais.
É o sinal da menopausa, dos problemas de tiróide, enfim... é o sistema hormonal que não funciona da mesma maneira.
Mas continuo a ser bonita como sempre fui.
Em vez de 38 de cintura passei para 46... isso é que me faz baixar a auto-estima... Verdade mesmo.
Mas por mais dietas que tenha já experimentado, nada faz sentido... não consigo emagrecer.
Á 12 anos atrás fiz uma dieta que me obrigava a ir a Lisboa todos os meses.
Tinhas consultas mensais com o Dr. Povoas.
Emagreci mesmo.
Tinha um corpo de sereia.
Mas passado um ano comecei de novo a ganhar peso.
Depois disso... muitas dietas tolas, muitas asneiras e mais recentemente de á dois anos a esta parte consultei nutricionistas (já são duas), produtos naturais, cuidado com a comida... e já vi que se tiver cuidado eu emagreço, mas o pior é ter um motivo para querer mesmo emagrecer, algo que me dê a força necessária.
O homem que tenho em casa... nunca me faz um elogio.
Sinto que para ele tanto faz, já que nem sexo existe mais entre nós já lá vão una anos.
E depois... eu desenrasco sozinha mesmo... alone!
Não consigo gostar de ninguém.
Só mesmo do meu filho, mas ele saiu de mim.
Será possível amar aos 50 anos?
Gostaria de ter uma resposta... procuro dentro de mim e não a encontro.
Tenho saudades de amar, de sentir aquele arrepio de prazer na espinha, de sentir as mãos de um homem a me acariciar.
Não é sexo por sexo.
Isso não me dá pica nenhuma.
Sexo com carinho, com interesses comuns, com espontaneidade.
Tenho saudades de beijar, sentir uma boca quente a me querer devorar, uma língua exploradora... mas não tenho isso á tanto tempo.
Ando demasiado acomodada e isso não é bom... eu sei.
Preciso investir em mim.
Preciso nadar, caminhar, sair, sentir-me VIVA!
É algo que não sinto neste momento.
Gostaria que mulheres e homens como eu nos seus 50's me deixassem comentários.
Todos serão bem vindos.
Preciso de orientações.
Preciso de não me sentir tão só.


Ajudem-me.

sexta-feira, 12 de Junho de 2009

Começei este Blog com um mail que enviei a um verdadeiro amigo.

Sinto-me desorientada, e sem vontade de nada.

Que faz uma mulher (que tem o marido na cama já há muitas horas) ainda no PC?

Eu digo-vos:

Procura respostas para as suas ansias, angústias e perguntas sem respostas.

Mas chegou a hora, vou tentar dormir e esquecer que a vida continua lá fora.

... mensagem a um amigo de verdade!

Ainda estou acordada, não estou só em casa, mas estou só eu acordada e levantada nesta casa.
Sabes, estou pensando muito, talvez demais na minha vida.
Estou cansada... Ontem foi feriado, hoje foi feriado amanha é tolerância de ponto... e ele não quer sair...
Não sei se entendes... mas entre nós apenas se almoça e janta e pouco mais.
Falamos de vez em quando, eu sou sempre a quietinha e silenciosa da casa.... e sabes que mais:
ESTOU CANÇADAAAAAAAAAAAA!
Falta-me cada vez mais e a cada dia que passa sentir-me VIVA!
Sentir que alguém me AMA!
Sentir-me útil!

Ainda agora estava pensando... se eu estivesse a trabalhar... já tinha deixado esta casa, porque de dia para dia e á beira dos cinquenta anos me pergunto... PARA QUE VIVO EU?!

Não há sexo entre nós, vai para cinco anos.
Ele não quer se tratar.
E eu tenho que me portar como uma mulher responsável que sou, e respeitá-lo.
É o que faço.

Mas será que estou a fazer bem?
E a minha vida?
Eu anulei-me totalmente para que entre mim e ele não houvessem dúvidas, não houvesse traições, para que tudo corra da melhor maneira, ou dentro dos parâmetros ditos normais.

Mas sinto-me triste.
Isto não é vida para ninguém.
Grito para dentro de mim...
E EU???????
QUE ESTOU FAZENDO DA MINHA VIDA?
QUE ESTOU FAZENDO DO MEU FUTURO?
... ou será que já não existe futuro...
Tantas perguntas sem resposta...
Tantos pensamentos que me enchem a cabeça.
E eu não sei que responder.
Por um lado não quero ser "traidora", mas por outro preciso sentir e de ter uma vida normal.
Quanto homem aos 80 e mais anos ainda tem uma vida sexualmente activa?
Tantos...
Porque este silêncio sobre este assunto entre duas pessoas que partilham a mesma cama? Porque não consigo dizer-lhe o que sinto e o que preciso?
Não sei, mas ele é todo cheio de tabus, e eu tenho medo de parecer aquilo que não sou se for buscar este assunto.
Será que como mulher deixei de lhe despertar desejo?
São tantas e tantas as perguntas sem resposta...

Desculpa o desabafo... mas precisava escrever a quem sei que me entende.
Não quero de maneira nenhuma estragar a minha relação.
Mas por vezes dou por mim a pensar...
Porquê??????????
Que mal fiz eu a Deus?
Como posso dar a volta a isto?
Dentro de tempos... não sei quanto.... vou-me...
E que fiz da minha vida?
Deixei-a passar simplesmente ao lado sem nada fazer para ser feliz de verdade.
Dizem que são karmas... e temos de carregá-los.
Será

Beijos de boa noite.